Fique por dentro das novidades do
Mercado Imobiliário

Como fazer a gestão financeira para imobiliária? 3 práticas para começar!

Como fazer a gestão financeira para imobiliária

Se você tivesse que definir com uma palavra a saúde financeira atual da sua imobiliária, qual seria? Houve uma pequena hesitação ao tentar responder a essa pergunta? Então, talvez seja necessário dar uma maior atenção à gestão financeira para imobiliária.

Em um segmento mais “volátil” como esse, em que os aluguéis costumam compor a maior parte da receita, manter a administração dos recursos sob controle, por vezes, pode se tornar um desafio. Diante disso, para garantir a manutenção das finanças em dia e uma boa lucratividade, é recomendável adotar algumas boas práticas.

Neste conteúdo, falaremos justamente sobre isso. A ideia é tornar este material um compilado de sugestões eficazes de gestão financeira para imobiliária, de modo que, ao colocá-las em prática, você consiga manter a sua administradora de imóveis “nos trilhos”. Vamos conferir?

Qual é o impacto da gestão financeira para imobiliária?

Com certeza, você já ouviu falar que um dos problemas de maior peso — e que, em boa parte das vezes, causa o encerramento das operações de uma empresa — é a ausência de um bom planejamento unida à falta de uma gestão adequada das finanças. Esse fato é especialmente verdadeiro em se tratando de imobiliárias.

Isso porque, em razão da volatilidade sobre a qual comentamos mais acima, muitos dos empreendimentos da área não conseguem fazer uma previsão acurada de custos. A princípio, isso pode não trazer problemas, contudo, ao longo do tempo, os efeitos começarão a surgir.

Em pouco tempo, você se verá somente conseguindo arcar com as contas mais recorrentes e iniciando um cenário de endividamento que pode se tornar uma bola de neve.

Quais são os principais benefícios de fazê-la?

Considerando o cenário descrito, já se torna mais fácil compreender a relevância de dar uma atenção especial à gestão financeira para imobiliária. Afinal, o acompanhamento do que entra e do que sai — em termos de recursos financeiros — é primordial.

Somente por meio desse monitoramento, com uma análise acurada dos números e dos indicadores financeiros, passa a ser viável identificar como os gastos podem (e devem) ser reduzidos em uma determinada área do negócio e a necessidade de alocá-los em outra, por exemplo.

O ideal é acompanhar sempre todas as entradas, eliminar o excesso de despesas que não impactam a atividade-fim, reduzir as dívidas (se já existirem) e, com isso, preservar as contas em dia. Essas ações formam uma prática-chave para assegurar a longevidade e a saúde de uma imobiliária.

Quais são as principais práticas a serem adotadas?

Com os benefícios em mente, é chegado o momento de colocar em prática a gestão financeira ideal. Confira os pontos essenciais!

1. Tenha objetivos e metas bem estabelecidos

Em razão das variações das entradas, se não for bem administrado, o caixa de uma imobiliária pode ser bastante prejudicado. Então, se há um ponto de partida que pode ser traçado a fim de garantir a saúde financeira do empreendimento é definir metas mensais de desempenho.

Para isso, deve haver a certeza de que elas estão alinhadas com a realidade do negócio, ou seja, atingíveis e em conformidade com as margens de lucro praticadas em relação às vendas e aos aluguéis. Contudo, há outro ponto que também deve ser levado em conta nesse estágio inicial: a sazonalidade do faturamento.

Há períodos em que as imobiliárias observam uma maior entrada de receitas e há outros em que pode haver, por exemplo, uma retração do poder econômico do seu público, impactando as suas finanças. Então, ao estabelecer os objetivos e as metas, mantenha os pés no chão e considere o momento que é atravessado pelo negócio, pois esse é o primeiro passo para assegurar mais estabilidade aos ganhos.

2. Faça um planejamento financeiro

A importância do planejamento financeiro reside na necessidade de não deixar nenhum detalhe — por menor que pareça — passar. Em se tratando de gestão financeira para imobiliária, com a adoção de planilhas, gráficos e outras maneiras de manter as informações ordenadas e facilmente acessíveis e compreensíveis, você será capaz de identificar a situação atual do empreendimento e até onde consegue chegar.

Para sua elaboração, considere que um bom planejamento financeiro deve conter:

  • os objetivos determinados;

  • a disposição das contas a serem pagas e dos valores a serem recebidos;

  • a manutenção de uma reserva de recursos para emergências;

  • um programa de investimentos (se a saúde financeira atual do empreendimento permitir);

  • um acompanhamento diário.

3. Invista no que realmente valerá a pena

Uma boa gestão financeira deve necessariamente estar aliada a investimentos voltados para a automatização das atividades abarcadas pelo gerenciamento dos recursos. Justamente por isso, se você ainda não mantém um sistema para imobiliária, é essencial começar a considerar a contratação de um ERP.

Já ouviu falar sobre o Immobile Software? Ele funciona como uma espécie de "gerente eletrônico", permitindo que você deixe de lado as anotações manuais em agendas, por exemplo. Com o uso de Inteligência Artificial, ele evita a perda de prazos e mantém sob controle as datas de vencimento, contratos, seguros e aluguéis, inclusive, lembrando delas de forma antecipada.

Além disso, até mesmo as rotinas inerentes às imobiliárias que demandam mais tempo se tornam facilitadas, já que a emissão de relatórios, as conferências de cobranças e os cadastros são executados com maior praticidade e mais eficiência.

Você pode até contar com o sistema para fazer o cálculo dos percentuais e a elaboração de relatórios que exibem cada um dos impostos que sofreu reajustes. Ou seja, é efetivamente a Inteligência Artificial trabalhando para você!

A manutenção de uma boa saúde das finanças em uma administradora de imóveis está diretamente vinculada a uma adequada gestão financeira para imobiliária. Contudo, garantir um bom gerenciamento das entradas e saídas e um melhor controle dos recursos, considerando a sazonalidade de faturamento inerente ao setor, não precisa ser um desafio. É possível adotar boas práticas que ajudam a manter tudo em ordem, como a adoção de um software de qualidade.

Quer saber mais sobre a nossa solução e ter uma demonstração de como o nosso sistema pode ajudar em sua rotina? Entre em contato conosco!

  • Created on .

Mantenha-se atualizado com notícias, inspirações e eventos



ERP completo para sua imobiliária

Soluções                           Sobre


Social


Copyright 1989 - - Alterdata Software - Todos os Direitos Reservados